1

TRT - MS concede Prêmio "Labor et Honoris" a magistrados e Servidores

O TRT/MS concedeu, nesta quarta-feira (02), o prêmio Labor et Honoris como reconhecimento institucional pela atuação gerencial e operacional dos magistrados e servidores que obtiveram os melhores resultados no desempenho de suas competências no âmbito da Justiça do Trabalho da 24ª região. O prêmio estimula a eficiência, por meio do alcance dos resultados referidos no planejamento estratégico institucional e do cumprimento dos macro desafios do Poder Judiciário. Para atingir essa eficiência, é necessária a aplicação de instrumentos e abordagens gerenciais, que visam contribuir para o aprimoramento da prestação jurisdicional, para alavancar os resultados com o planejamento estratégico e a implantação de boas práticas; e promover a gestão participativa, a inovação, a responsabilidade socioambiental e a transparência. Para o presidente do TRT/24ª, o desembargador Nicanor de Araújo Lima, o prêmio é a "menina dos olhos" de sua administração. "Há muito tempo eu já pensava em homenagear os magistrados e servidores que apresentam um bom desempenho. Esse prêmio é um estímulo para o aperfeiçoamento da prestação jurisdicional, um estímulo aos demais juízes e para aqueles já agraciados, para tentarem o bicampeonato", observou. Concedido anualmente, o prêmio conta com critérios distintos de avaliação para cada uma das oito categorias. Os vencedores desse ano foram: Metas Nacionais - Unidades Judiciárias de 2º grau: Desembargador do Trabalho, Amaury Rodrigues Pinto Junior e o servidor Cláudio de Guimarães Rocha, assessor de desembargador. Metas Nacionais - Unidades Judiciárias de 1º grau - Varas com até 600 processos: Juiz Aparecido Travain Ferreira, titular da Vara do Trabalho de Jardim, e o servidor João Martins Guerra, diretor de secretaria. Metas Nacionais - Unidades Judiciárias de 1º grau - Varas com mais de 600 processos: Juíza Beatriz Maki Shinzato Capucho, titular da Segunda Vara do Trabalho de Três Lagoas; os juízes substitutos Hélio Duques do Santos e Valdir Aparecido Consalter Júnior e o servidor Washington Luiz Fernandes do Prado, diretor de secretaria. Categoria Menor Prazo Médio - Varas com até 600 processos: Juíza Fátima Regina de Saboya Salgado, titular da Vara do Trabalho de Amambai e o servidor Paulo Roberto Brescovit, diretor de secretaria. Categoria Menor Prazo Médio - Varas com mais de 600 processos: Juíza Neiva Márcia Chagas, titular da Vara do Trabalho de Nova Andradina; juiz substituto Alexandre Marques Borba, da Vara do Trabalho de Nova Andradina e o servidor Anízio de Souza Rocha, diretor de secretaria. Categoria Desempenho Individual - Juízes Titulares de Varas com até 600 processos: Juíza Anna Paula da Silva Santos, titular da Vara do Trabalho de Corumbá e a servidora Karla Marchitto Jacob Farias, assistente de juíza. Categoria Desempenho Individual - Juízes Titulares de Varas com mais de 600 processos: Juíza Kelly Cristina Monteiro Dias Estadulho, titular da Vara do Trabalho de Rio Brilhante e os servidores Carlos Gustavo de Góes Gugelmin e Priscila Borges Albuquerque Cristino, assistentes de juíza. Categoria Desempenho Individual - Juízes Substitutos: Juíza Keethlen Fontes Maranhão e a assistente de juíza Bruna Lopes Witwytzky.